RSS

Vida e morte

02 Nov

Caminhamos na sombra da morte, cada um de nós sozinhos e todos juntos.

Socrates em seu discurso final, concluiu que a morte é uma migração da alma para outro mundo, muito melhor do que este.

Não importa em o que acreditamos, o que importa é seguir vivendo a vida da melhor maneira depois que avós, pais ou filhos partem.

Devemos aceitar a morte como um “desapego”, afinal ela é parte do processo da existência, de vir e de partir.
Nada e ninguém são eternos, tudo é passageiro e efêmero e tudo se desvanece como se nunca tivesse existido.

Essa afirmação têm um forte efeito emocional, porém tudo o que podemos fazer diante da morte de alguém que amamos, é continuar vivendo. Podemos e devemos encontrar novos prazeres depois que pessoas amadas se foram.

Devemos e podemos seguir em frente, trazendo na memória as melhores lembranças e assim superar nossas piores dores, afinal nós também iremos em breve.

  • Fazer o bem, disse uma alma inspiradora.
    É realmente assim: ajudar os seres vivos.
    Ao ajudar alguém, ajudar animais e até porque não, plantas, nos tornamos felizes.

Madame Bê

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 11/02/2021 em Brasil

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: