RSS

Religião e Política, mistura imperfeita

07 Dez

Nada é mais doente do que um povo votar conforme a influência de bispos, pastores e ou, padres. A aliança entre igreja e política, só beneficia à eles.

Jamais, eu disse jamais, políticos vão melhorar a vida de um povo; sabendo que é só ter ao seu lado líderes religiosos para se eleger.

A presença na África da igreja universal e sua expulsão, vem ditando possíveis novas alianças entre a igreja e os políticos daqui.

Edir Macedo, que antes apoiava os governos do PT, decidiu na última eleição apoiar Bolsonaro e, agora promete voltar a apoiar o petista, caso Bolsonaro não o ajudar a resolver suas questões nos países africanos.

Segundo o economista Carlos Lopes, na era petista, eram as empresas de construção como a Odebrecht, Camargo Correa, empresas como a Vale e até a Petrobras, que faziam a ponte África/Brasil. E Edir Macedo sabe que Lula é o único que poderia reconstruir essa ponte e salvar sua igreja.

E nesse vai e vem, política e religião se misturam, para o “bem” apenas, de interesses comuns dos poderosos. Um toma lá dá cá, sem o comprometimento de um País melhor.

Votar em políticos indicados por religiosos é uma mistura diabólica e, não vai levar o povo a lugar nenhum, a não ser continuar na mediocridade.

Políticos brasileiros não são confiáveis. Portanto, está na hora de pensar em um outro futuro para esse País. Para que nossos filhos e netos possam viver em um Brasil melhor que, este que está aí.

Pense nisso!

Madame Bê

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 12/07/2021 em Brasil

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: