RSS

Arquivo da Categoria: amor

O amor é

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 09/06/2012 em amor

 

Meu pai e eu


O que é ser pai? Eu não sei. Acredito que todos carrega a ternura que tem o meu.

Com o tempo, aprendi o meu. Sei do trabalho duro, do pensamento conservador, sei que teve casos e acasos e humano, muito humano.

Aos que não acreditam em heróis aviso, eu tenho um bem pertinho de mim. Ele trás consigo um amor incondicional, que só os pais super heróis tem. E isso faz toda diferença.

Toda vez que olho para meu pai, vejo na doçura dos seus olhos o tantão de carinho que ele sente por mim Como poderia não amá-lo? Meigo, carinhoso, protetor, amável e outros muitos adjetivos que não caberiam nessa página.

Beijo Pai, te amo.

Feliz dia dos Pais!

Madame Bê

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 08/10/2012 em amor

 

Amor é coisa de Hollywood

Uma mulher de 40 anos separa-se do marido, e passa a ter que cuidar sozinha de dois filhos ainda dependentes dela. Então, num supermercado, no shopping ou numa sala de chat, ela conhece um homem que se apaixona por ela, faz tudo para conquistá-la e quando consegue, assume, não só os filhos, como as despesas da casa, da família, passando a cuidar dela, protegendo-a, inclusive do ex-marido.

Essa é uma cena típica de filme (duvido que, mesmo entre os americanos, isso aconteça).

Ou o amor brasileiro é mais interesseiro? Porque as estórias que ouço ou leio, sempre possuem um desequilíbrio, tanto na questão financeira, quanto na questão etária. Um homem bem posicionado socialmente escolherá uma mulher: se pobre, muito mais nova; e se de idade compatível, independente financeiramente. E um homem em dificuldades financeiras buscará uma mulher independente nesse quesito, que, sendo assim, terá mais idade.

Portanto, se o amor fosse determinante, variantes ocorreriam!

Por que será que das estórias de amor desinteressado não se tem notícia? Será que as pessoas não divulgam esses finais felizes reais por maldade, por inveja, por ciúme?!

Portanto, para mim, juntamente com os duendes, fadas e aliens, o amor depois dos 40 anos é invenção de Hollywood!!!!

Aysha

 

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 07/16/2012 em amor

 

Etiquetas:

Eternamente

Um vídeo feito com doçura…

Madame Bê

 

Amar

Amar é…

Amar é sentir calor no inverno

Amar é olhar a mesma lua

Amar é respirar o mesmo ar

Amar é escutar a mesma música

Amar é ficar de bobeira

Amar é falar asneira

Amar é querer bem

Amar é alimentar a alma

Amar é sonhar felicidade

Amar é poder compartilhar

Amar é procurar palavras de amor

Amar é  simplesmente amar.

Amar é tudo de bom.

Madame Bê

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 06/12/2012 em amor

 

Etiquetas: , ,

Dia dos Namorados

Ninguém sabe a origem do dia dos namorados. A teoria é de que essa data remonta em um festival romano chamado Lupercália, uma festa de final de ano (o ano começava em Março) ligado a rituais de fertilidade e de purificação.

Nomes de jovens mulheres eram escritos em pedaços de papel e colocados em frascos para que fossem escolhidos pelos meninos.  Tais pares muitas vezes resultavam em relacionamentos duradouros.

Existe a teoria de que os homens (lupercos) vestidos do couro, munidos de chicotes da pele de cabra ou pele de cão, batiam nas mulheres protegendo-as contra a infertilidade.

Como o cristianismo avançou gradualmente pela Europa a igreja substituiu o festival pagão por outro mais adequado à nova fé. Em 496 d.c., o Papa Gelásio I decidiu instituir o dia 14 como o dia de São Valentim, o patrono dos apaixonados.

Segundo pesquisadores a data cristã surgiu a partir de um bispo chamado Valentim, proibido de realizar casamentos pelo imperador romano Claudius II, teria celebrado casamentos de forma secreta, e por esse motivo foi preso e condenado a morte. Na prisão recebeu vários bilhetes e cartões, de jovens apaixonados, valorizando o amor, a paixão e o casamento. O bispo Valentim foi decapitado em 14 de fevereiro do ano 270.

Em sua homenagem, esta data passou a ser destinada aos casais de namorados e ao amor. A comemoração passou a ser realizada todo 14 de fevereiro, principalmente, na Europa e, posteriormente (século XVII), nos Estados Unidos.

No Brasil (12 de junho)

No Brasil, a data está relacionada ao frei português Fernando de Bulhões (Santo Antônio). Em suas pregações religiosas, o frei sempre destacava a importância do amor e do casamento. Em função de suas mensagens, depois de ser canonizado, ganhou a fama de “santo casamenteiro”. Assim no Brasil a data 12 de junho foi escolhida por ser véspera do dia de santo Antônio.

Seja como for o dia dos namorados é uma data a ser comemorada pelos apaixonados. Mande você também um poema, um cartão, uma música, uma flor, seja o que for, para sua amada (o). Pois o amor sempre vale a pena.

 Madame Bê

 
 
%d bloggers like this: