RSS

Arquivo da Categoria: comemoração

Dia das Bruxas

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=JsyEX9iIN-I&feature=related

Gatos pretos com seus olhos dourados,
Morcegos querendo sangue,
Fantasmas, esqueletos e duendes,
É hoje. A noite das bruxas,
Veja vultos na luz do luar,
São elas voando com suas vassouras.
Desejando sorte, fortuna ou travessuras.

Madame Bê

 

Etiquetas:

Criança

Esta noite tive um sonho bom. Sonhei que o bandido, o assassino, o drogado, o alcoólatra, o pedófilo, todo tipo de ser humano desprezível, percebeu nos seus filhos, a importância do amor.

Sonhei que a pureza e o encanto das crianças, derrepente trouxe dignidade ao mundo.

Sonhei que os adultos haviam apreendido que podem mudar o futuro, protegendo o inocente.

Criança precisa afeto,
Criança precisa carinho,
Criança precisa orientação.
Criança precisa compreensão,
Criança precisa exemplos,
Criança precisa amor.

Criança quer estar ao lado de um adulto equilibrado.

Espero que todos nós encontremos a criança escondida e que a mantenha viva, todos os dias da sua vida. Feliz dia Crianças, beijo Grande

Madame Bê

 

Etiquetas:

É tempo de primavera

É metamorfose pura. Perceba comigo a cor, o cheiro, o som…

Chega de hibernar, quero botar a cara pra fora, sacudir a poeira, guardar as pantufas, comprar sapatos novos e sair por aí deixando a brisa envolver meu corpo.

Vamos abrir a casa, retirar as teias, limpar os armários, trazer pra nossa mesa um buquê de lírios, camélias, crisântemos e narcisos.

Vamos beijar mais… Vamos amar mais…

Vou vestir roupa branca e cantar com o sabiá. Passar água de cheiro e plantar amor perfeito. Pintar as unhas dos pés, enquanto penso em um novo perfume. Quem sabe até, começo uma nova dieta.

Afinal, é a Primavera…

Quero ver você ao meu lado, baixando a guarda e a chama acesa.

Energia carregada. Ousado. Safado. Tarado.

E se você ainda me quiser, vou fazer um café, dançar nas pontas dos pés e iniciar com um simples cafuné.

Madame Bê

 
1 Comentário

Publicado por em 09/22/2012 em comemoração

 

Etiquetas:

Homenagem ao Rio Grande do Sul

Dia 20 de setembro é dia de festa para o povo gaúcho. Apesar de o Rio Grande do Sul não ter se tornado um País, como muitos desejavam, a data é lembrada pelo início da Revolução Farroupilha.

Acredito que todos gaúchos levam consigo, orgulho dessa terra.

É aqui onde se fala guri, tchê, bah, bem capaz, tri legal. Aqui tomamos chimarrão pelando de quente, comemos churrasco feito com espeto, bebemos polar pra ficar borracho. Vamos ao super comprar bergamota, cacetinho, negrinho, refri, chimia e pagamos com os pila que temos na guaiaca. É nesses pampas que o frio é de renguear cusco quando o tempo desaba. Por aqui se vai a galope, freamos na sinaleira e chegamos em cima do laço. E é aqui também onde a guria usa bombacha pra afrontar o gaudério, onde se arrasta uma asa, dança um xote, junta os trapos e na peleia a prenda chora as pitangas, pra depois botar uma baita guampa no índio velho que acaba na sarjeta.

Rio Grande do Sul! Parabéns a todos os gaúchos de todas as querências.

Madame Bê

 
2 Comentários

Publicado por em 09/19/2012 em comemoração

 

Etiquetas: ,

Dia do Amigo

“Quando você estiver deprimido ou confuso, quando precisar de amor ou carinho, se nada estiver dando certo, feche os olhos e pense em mim, logo estarei aí”. James Taylor

Serei tua amiga seja você, pobre ou rico, religioso ou ateu, branco ou preto, hetero ou gay.  Guardarei teus segredos, serei leal, sincera, compreensiva e companheira. Se quiseres uma amiga, será pra valer.

Quando o sucesso se for, estarei ao seu lado.  Quando estiver doente, estarei do seu lado. Quando você quiser rir, serei palhaça. Quando você falar, serei ouvido. Quando você me esquecer, mesmo assim, ainda pensarei em ti.

Porque amizade é isso, é pra toda vida.

Madame Bê

 

Etiquetas:

Homem

Segundo fui informada, hoje é o dia do homem, então resolvi postar algo sobre. Afinal o que seria de nós mulheres sem essas pestinhas maravilhosas que nos deixam tão assanhadas, não é mesmo?

Como não preparei nada pra essa data “tão importante”, procurei um vídeo sugestivo. Na maioria das vezes a ação vale mais que mil palavras.

É só clicar no link abaixo. Bom proveito.

Madame Bê

JOE COCKER – YOU CAN LEAVE YOUR HAT ON

 

 

Etiquetas:

São João

Quem não lembra das festas de São João? Enfeitadas com bandeirinhas coloridas, fogueira, quadrilha, pescaria, correio do amor, cadeia, muita pipoca, bolos, pinhão, quentão, e muitas coisinhas mais, assim era a festa de São João da minha infância.

Quem não dançou com o garoto mais lindinho, quem não usou vestido de chita, quem não recebeu um bilhetinho de amor, quem não pulou a fogueira, não sabe como é uma festa de São João.

Lembranças, lembranças, lembranças…

Pois é, vale a pena tentar até uma simpatia, ainda dá tempo. Segue uma sugestão se der certo agradeça ao Santo Antônio, se não der; quem sabe ano que vem…

Pegue um pedaço de papel branco e coloque-o sobre um prato. Desenhe um coração do tamanho do fundo do prato. Depois, recorte o desenho. Nas 3 primeiras linhas escreva o nome do homem que você quer. Nas 3 linhas seguintes escreva o seu. Coloque o desenho do coração no fundo do prato, derrame um pouco de mel sobre ele, bem como algumas pétalas de rosa branca. Acenda uma vela branca no meio do prato, deixando-a queimar totalmente. Quando a vela acabar de queimar, firme o pensamento no homem desejado. Reze a Oração de Santo Antonio. Guarde o prato por sete dias. Depois, lave as pétalas e coloque-as na igreja do Santo. O prato com o coração deve ser deixado num jardim.

Madame Bê

 

Etiquetas:

Dia dos Namorados

Ninguém sabe a origem do dia dos namorados. A teoria é de que essa data remonta em um festival romano chamado Lupercália, uma festa de final de ano (o ano começava em Março) ligado a rituais de fertilidade e de purificação.

Nomes de jovens mulheres eram escritos em pedaços de papel e colocados em frascos para que fossem escolhidos pelos meninos.  Tais pares muitas vezes resultavam em relacionamentos duradouros.

Existe a teoria de que os homens (lupercos) vestidos do couro, munidos de chicotes da pele de cabra ou pele de cão, batiam nas mulheres protegendo-as contra a infertilidade.

Como o cristianismo avançou gradualmente pela Europa a igreja substituiu o festival pagão por outro mais adequado à nova fé. Em 496 d.c., o Papa Gelásio I decidiu instituir o dia 14 como o dia de São Valentim, o patrono dos apaixonados.

Segundo pesquisadores a data cristã surgiu a partir de um bispo chamado Valentim, proibido de realizar casamentos pelo imperador romano Claudius II, teria celebrado casamentos de forma secreta, e por esse motivo foi preso e condenado a morte. Na prisão recebeu vários bilhetes e cartões, de jovens apaixonados, valorizando o amor, a paixão e o casamento. O bispo Valentim foi decapitado em 14 de fevereiro do ano 270.

Em sua homenagem, esta data passou a ser destinada aos casais de namorados e ao amor. A comemoração passou a ser realizada todo 14 de fevereiro, principalmente, na Europa e, posteriormente (século XVII), nos Estados Unidos.

No Brasil (12 de junho)

No Brasil, a data está relacionada ao frei português Fernando de Bulhões (Santo Antônio). Em suas pregações religiosas, o frei sempre destacava a importância do amor e do casamento. Em função de suas mensagens, depois de ser canonizado, ganhou a fama de “santo casamenteiro”. Assim no Brasil a data 12 de junho foi escolhida por ser véspera do dia de santo Antônio.

Seja como for o dia dos namorados é uma data a ser comemorada pelos apaixonados. Mande você também um poema, um cartão, uma música, uma flor, seja o que for, para sua amada (o). Pois o amor sempre vale a pena.

 Madame Bê

 

História do dias das Mães

A história do Dia das Mães é secular. O mais antigo Dia da Mães remonta às comemorações do início da Primavera da Grécia Antiga, em honra de Réia, a Mãe dos Deuses.

Os romanos também celebravam festas similares em homenagem a Cibele, mãe dos deuses romanos. Essa festa durava três dias (entre 15 a 18 de março) e foi criado cerca de 150 anos antes do nascimento de Jesus.

Em 1600, os primeiros cristãos da Inglaterra marcaram um dia para homenagear Maria, a mãe de Cristo. Mais tarde por uma ordem religiosa o feriado foi ampliado para todas as mães, e nomeado como o domingo das mães. Comemorado no quarto domingo da Quaresma (período de 40 dias que antecede a Páscoa).
Durante esse tempo, muitas pessoas da Inglaterra trabalhavam para os abastados. Como a maioria dos postos de trabalho eram localizados longe de suas casas, os servos viviam nas casas de seus empregadores. No domingo das mães, os trabalhadores tinham o dia de folga e eram encorajados a regressar a casa e passar o dia com suas mães.

Nos Estados Unidos, durante a Guerra Civil,  o dia da mães, foi sugerida por Julia Ward Howe que horrorizada com a carnificina, começou uma cruzada de paz e fez um “apelo à feminilidade” contra a guerra. Ela promoveu a idéia de um dia para as mães, comemorado em 2 de junho, homenageando a maternidade, a paz e a feminilidade. O dia foi, no entanto, destinado sobretudo como uma chamada para unir as mulheres contra a guerra. A celebração morreu quando ela voltou seus esforços para trabalhar pela paz e os direitos das mulheres de outras maneiras.

Após a Guerra Civil, a ativista social Anna Marie Reeves Jarvis, organizou clubes de mães para combater a mortalidade infantil,  trabalhou por melhores condições sanitárias, ensinou  noções básicas de enfermagem; e em 1868, influênciada por Howe, planejou um dia às mães amigas para silenciar quaisquer ressentimentos.

Mas foi a filha de Anna Marie Reeves Jarvis; Anna Jarvis que passou muitos anos cuidando da mãe doente, que decidiu divulgar um dia para as mães. Apoiada pelos amigos, começou uma campanha através de cartas para ministros, empreários, congrecistas para que eles declaracem um feriado nacional para o  dia das mães.

E em 10 de maio de 1914, o Presidente Woodrow Wilson  declarou o segundo domingo de maio, feriado em homenagem as mães. E assim o costume foi se espalhando e cruzou as fronteiras. México, Canadá, América do Sul, China, Japão e África se juntaram aos EUA para comemorar este dia.

“Agora, pois, eu, Woodrow Wilson, presidente dos Estados Unidos da América, em virtude da autoridade investida em mim pela referida Resolução Conjunta, por este meio dirigir os funcionários do governo para exibir a bandeira dos Estados Unidos em todos os edifícios do governo e convidar as pessoas dos Estados Unidos para hastear a bandeira em suas casas ou outros lugares adequados no segundo domingo de maio como uma expressão pública do nosso amor e reverência para com as mães de nosso país. ”

Com o tempo a comercialização do feriado, tornava-se cada vez mais desenfreada. Embora o espírito original de homenagear as mães tenha permanecido a mesma, para tristeza de Anne, hoje o feriado, é o segundo de mais sucesso no comércio do ano.

No Brasil, o dia das mães é comemorado sempre no segundo domindo de maios, de acordo com decreto assinado em 1932 pelo Presidente Getúlio Vargas.
O Dia das Mães é um dia em homenagem a elas, comemorado em muitos lugares do mundo. É o dia em que você homenageia sua mãe e paga um tributo a ela, muitas vezes com flores e presentes.

Madame Bê

 

Etiquetas:

Trabalhador

Parabéns a você mulher que trabalha, tanto dentro ou fora de casa.

Tal como a chuva caída

Fecunda a terra, no estio,

Para fecundar a vida

O trabalho se inventou.

Feliz quem pode, orgulhoso,

Dizer. “Nunca fui vadio:

E, se hoje sou venturoso.

Devo ao trabalho o que sou!”

É preciso, desde a infância,

Ir preparando o futuro;

Para chegar â abundância,

É preciso trabalhar.

Não nasce a planta perfeita

Não nasce o fruto maduro;

E, para ter a colheita,

É preciso semear…

Olavo Bilac

“Escolhe um trabalho de que gostes, e não terás que trabalhar nem um dia na tua vida.” Confúcio

Image

Madame Bê

 

Etiquetas:

 
%d bloggers gostam disto: