RSS

Arquivo da Categoria: humor

A menina e o leão

Um moço estava passeando em um zoológico do Brasil, quando viu uma menina encostada na jaula de um leão. Derrepente o leão a agarra pelo casaco e tenta puxa-la para dentro e abate-la. O moço corre e acerta um soco poderoso no meio do nariz do leão. A dor faz o leão pular, soltando a menina. O moço, leva a menina até seus pais, que lhe agradecem infinitamente.

Um repórter da Folha de São Paulo assistiu todo evento, se dirige até o moço, dizendo: – essa foi a coisa mais corajosa que já vi um homem fazer.

O moço responde, que não foi nada, foi intuitivo e que o leão estava atrás das grades.

O repórter da Folha de São Paulo diz: – bem vou me certificar de que isso não irá passar desapercebido. Sou jornalista e amanhã essa história estará na primeira página do jornal. Diga-me o que você faz para viver, e como você vota?

O moço responde: – sou tenente do exército brasileiro, um social liberal e votei em Bolsonaro.

Na manhã seguinte, o tenente compra o jornal e se depara com a seguinte manchete:

“Um tenente do exerxito brasileiro, agride imigrante aficano e rouba o seu almoço.

É mais ou menos assim a abordagem da Folha, quando o assunto não condiz com sua ideologia. 😂😂😂

Madame Bê

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 10/31/2018 em humor

 

Alma do negócio

charge_0306

Você acha que sabe votar?

Votar pode mudar a sua vida. Por isso apresento a vocês a Dilmãe. A pessoa que será a solução de todos os seus problemas. Dilmãe é uma mãe pro povão. Com ela o dinheiro do seu bolso some de uma só vez. É simplesmente incrível. O segredo é que ela sabe dar um destino melhor para seu salário, deixando você perfeitamente na pindaíba. Dilmãe ensina como se virar nos trinta. Veja, você não precisará ficar contando cédulas e mais cédulas, ela faz isso por você. Mas o melhor você ainda não sabe ela poderá também fazer sumir seu fundo de garantia, a primeira parcela do décimo terceiro, aumentar os impostos e elevar os preços de produtos desnecessários. Outros candidatos podem até prometer uma melhora no seu padrão de vida, mas nada se compara com a despreocupação de futuros investimentos. Digitando apenas dois números, você pode ter isso tudo. Experimente, digite. Com apenas dois números você recebe a Dimãe e vem inteiramente grátis um pai para a Nação. Você nunca viu nada igual. Então descarte qualquer outro candidato e eleja Dilmãe. O melhor investimento para seu dinheiro. Digite apenas o número um e o número três e receba uma mãe e um pai todinho para você. E não é só isso. Receba também algumas centenas de correligionários que estarão usufruindo esse dinheiro, enquanto você saboreia as notícias de como seu dinheiro está sendo usado. Essa oferta é única e exclusiva do partido dos trabalhadores. Você não pode ficar de fora. Dilmãe a solução da população. Maduro, Evo Morales, Fidel e Cristina agradecem. PLIM PLIM

 

Madame Bê

 

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 08/19/2015 em humor

 

Etiquetas:

Marchinhas aos pedaços

carnaval7
Daqui não saio, daqui ninguém me tira, minha emoção é grande, e voltei pra ficar… Ela não sabe nada, a louca chegou, o mundo aplaudiu, a bruxa vem aí, e não vem sozinha, ali, ali, ali, ali-babá, vossa excelência, vossa eminência, quanta reverência nos cordões eleitorais, o cordão dos puxa-saco, cada vez aumenta mais. Ei você aí, me dá um dinheiro aí, me dá um dinheiro aí.

O circo vem aí, palhaço não chora, deixa o choro pra depois. Yes, nós temos bananas. Ouro do bolso da gente não sai, somos da crise, o luto invadiu nossa nação, já é tradição do meu País, de dia falta água de noite falta luz. De promessa eu ando cheio quando eu conto a minha vida, o que cansa é pensar que lá em casa não tem água, nem pra cozinhar.

Ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, lata d’água na cabeça, lá vai Maria. Lá vai Maria… Abre a janela, acende uma vela que a Ligth cortou a luz, a coisa não vai all rigth. Acorda Maria bonita, anda Luzia, Margarida arrependida, bloco do deixa, s’imbora, não deixa pra depois.. Tá na hora, tá na hora de tira essa mulher, pelo amor de Deus.

Madame Bê

 
 

Je suis Charlie

Charlie-Hebdo-4bf92
charlie-hebdo-6
charlie-hebdo-7
76166756
10926377_943512849012631_2947154601182392025_n
Charlie-Hebdo-6 (2)
92603780
Charlie-Hebdo-2
Eu sou Charlie Hebdo. Acredito na liberdade de imprensa e na liberdade de expressão. Não me sinto à vontade sabendo que existe governos, religiões e ideologias, que se achem no direito de limitar a liberdade. Humor sempre existiu, com ou sem sarcasmo. Em uma democracia, os limites para se expressar devem ser nulos.

Eu sou Charlie Hebdo, porque abomino a ação de fanáticos que decidem matar aqueles que de maneira caricata, criticam as hipocrisias do mundo. Terroristas são escória, usam a violência “justificada” para impor ideais e defender uma visão que não podemos tolerar.

Eu sou Charlie Hebdo porque, acredito que todo extremismo deve ser combatido. Temos que lutar contra a violência, e para tanto só temos as palavras e a caneta. Não há diferença entre Al Qaeda ou Estado islâmico, as FARC e ELN, Comunistas e Nazistas, fascistas todos têm motivações altruístas.

Eu sou Charlie Hebdo, porque acredito num mundo melhor. Um mundo onde ninguém possa impor por meios abomináveis, a quem quer que seja a ideologia de outrem. A crítica deve ser vista como algo a ser reparado. A crítica aponta erros, aceita-la cabe a aqueles que defendem um mundo sem racismo, sem corrupção, sem imposição e sem egoísmo e inveja.

Madame Bê

 

Ebola

untitled
O vírus ebola faz cada vez mais novas vítimas. Muitos já morreram, e muitos ainda vão morrer. Depois que Raúl Castro, Dilma Rousseff, Nicolás Maduro, Cristina Kirchner, Evo Morales, Luiz Inácio Lula da Silva, Juan Manuel Santos, fizeram suas últimas homenagens a Fidel Castro, morto há mais de duas semanas, encontram-se hoje infectados pelo vírus.

Quando Fidel, enviou seus médicos a África, não imaginou que sua ajuda, acabaria trazendo a doença para seu País, adoecendo seus maiores amigos. O último informe do hospital, onde estão internados, sinaliza que não há nada mais a fazer, se não rezar pelas suas almas.

Puts… Acordei. Foi só um sonho! Peço desculpa aos Brasileiros, ainda não foi dessa vez.

Madame Bê

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 11/02/2014 em humor

 

Coisas que acontecem

Com as últimas chuvas ocorridas no RS, as pessoas que não viraram sapos, continuaram seguindo suas vidas normalmente. E pra que isso aconteça a BR 116 é um dos acessos mais usados pelos gaúchos pra ir e vir.

Geralmente leva-se, de uma hora à uma hora e meia, pra fazer o trajeto de 60 km.

E como em todas as quintas feiras, (exceto em dias santos e feriados) é dia de ir a POA. Mas hoje nossa aventura foi, digamos, um pouco fora do comum…

Saímos pela manhã, Suelyn e eu, rumo a grande cidade. Mas lá perto de São Léo, a coisa toda parou. Andávamos um metro pra parar meia hora.

Depois de quatro horas e sessenta minutos, dentro de um carro, a bexiga infla, e a coisa aperta. Como no carro não tem comadre, tive que sacar a barraca da minha bolsa, (pra quem não sabe bolsa de mulher tem de tudo) a montamos na beira da estrada, aliviando o que nos incomodava, e ainda ganhamos uns caraminguás alugando a dita cuja. rs

Imagine o que você pode fazer dentro de um carro parado… Entrar no Face, tirar fotos, cantar, bufar, e claro observar os outros motoristas.

Vimos motoristas paquerando, algumas se maquiando, fazendo penteado, comendo bergamota e jogando a casca na estrada (porcos), outros fazendo o almoço, e pasmem entre Sapucaia até Esteio tinha alguns lavando roupa, nadando e até pegando jacaré. Isso tudo ali, na BR 116.

Não acredita? Olha uma das fotos que tirei e não diga que é mentira!

Madame Bê

1006334_602220719820030_1840640413_n

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 08/30/2013 em humor

 

Etiquetas:

Frio no RS

Frio no RS foto
Que raio de frio é esse? É preciso cobertas, pelegos e cobertores nas noites aqui do Sul, e se bobear até o cobertor vai precisar de outro pra se aquecer.

Está tão frio que ando parecendo uma cebola, são camadas e camadas de roupa E pra dormir só se for de meia, gorro e mantinha. E o maior problema é na hora de namorar, você fica exausta só pra tirar tanta roupa, sem falar que o gaúcho precisa fazer cursinho com Copperfield pra achar a ferramenta.

Anda tão frio por aqui, que até a vodka anda congelando, se você tirar o frango do congelador ele é bem capaz de reclamar, e na hora de ordenhar as vaquinhas em vez de leite anda saindo sorvete. E o banho, haaa o banho… Bom deixa esse pra quando chegar o verão… rs

Madame Bê

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 08/15/2013 em humor

 

Etiquetas:

 
%d bloggers like this: