RSS

Arquivo da Categoria: mulher

Marlene Dietrich

Uma mulher de peso.

Segue um vídeo de 1959, com Marlene Dietrich cantando Luar do Sertão, no Brasil.

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 08/05/2012 em mulher

 

Espiando o futuro

Homem,  na minha opinião não pertence ao planeta terra. Por mais que você acredite que esteja fazendo o que acha certo, é o oposto.  Quando você o deseja, ele não lhe dá a mínima. Quando você quer conversar, ele finge que não ouve.  Quando você diz que o ama, ele parece que odeia. Assim parece ser o amor. Às vezes o certo se torna errado e o errado se torna o certo.

É certo que as mulheres estão mais ousadas, mais determinadas, mais independentes. E talvez isso esteja assustando o macho alfa. E os homens podem estar certos de que isso não irá mudar, pois a cada dia que passa, a mulher estará se libertando mais e mais, das amarras do passado.

O passado que a culpou da expulsão do paraíso já não existe mais, já queimamos o sutiã, e pelo que parece a nova geração de mulheres, irá queimar também as calcinhas.

De tudo que ainda está por vir, uma coisa é certa, temos que arriscar mais, ousar mais, investir mais. E se por algum motivo algo não der certo, pelo menos não falhamos por tentar.

Madame Bê

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 07/07/2012 em mulher

 

Etiquetas:

Masturbação Feminina

Não sei por que a masturbação feminina nunca é comentada numa roda de amigas, faz parecer que seja um pecado, algo errado, algo que nunca deveria acontecer.

Porque algo que nos dá tanto prazer e que pode nos ajudar no autoconhecimento é silenciado por nós mulheres?

Quando os filhos homens ficam horas e horas trancados em seus quartos ou no banheiro, sabemos que estão se masturbando, e achamos isso tudo muito natural. Então porque não aceitar quando o mesmo acontece com nossas filhas mulheres?

A masturbação, assim como para o homem, é uma das coias mais deliciosas e revigorantes que existe, bom… jamais melhor que o sexo a dois, né

Sentir prazer através do clitóris é a melhor maneira para chegar ao orgasmo. Mas acredito que cada mulher precisa e deve aprender o seu corpo.

Meninas, vamos derrubar este tabu e tratar esse assunto como sendo natural e corriqueiro, pois não há coisa melhor no mundo do que sentir e se dar prazer.

Segue aí um filminho do youtube para quem quiser saber mais sobre esse assunto.

Madame Bê

 
1 Comentário

Publicado por em 06/04/2012 em mulher, preconceito

 

Etiquetas:

Aborto

Casuza já cantava! Que País é esse…

Um país com tanta desigualdade social como o Brasil, ainda não ter legalizado o aborto é uma insulto contra a mulher. Abortos clandestinos já são feitos, e aos milhares.

A mulher ainda precisa se sujeitar a regras de uma sociedade machista e hipócrita, que obriga a gerar um filho sem que ela esteja preparada psicologicamente e ou financeiramente. Fique esperto, a maternidade involuntária agrava o contexto social e econômico do País, aumenta as taxas de mortalidade infantil e obriga famílias sem recursos a viver na pobreza extrema. Eu acredito que o aborto é uma causa social.

Quando você para em um sinal fechado e vê crianças pedintes perambulando por lá, sujas, maltrapilhas, sem a mínima educação, o que você pensa?  Acredita que um dia elas poderão ser um adulto como você?  Não acha que seria melhor essa criança não ter nascido? Quando você é roubado por um pivete, qual a sua reação?  De alegria ou de raiva? Não concorda que essa criança não deveria ter nascido?  Quando você vê ou lê nos meios de comunicação que um bebê foi jogado no lixo não fica entristecido? Concorda comigo que essa criança não deveria ter nascido? Como eu disse; o aborto é uma causa social.

A legalização não vai obrigar,  muito menos incentivar, uma mulher a fazer um aborto.

Sinceramente, não consigo entender porque o aborto ainda não foi legalizado. Então me vem a pergunta: Seria talvez porque a religião ainda influência nossos políticos? Se for esse o caso, eu faço como Pôncio Pilatos,  e lavo minhas mãos.

Pronto, desabafei! É o que EU penso.

Madame Bê

 
 

Etiquetas: ,

Envelhecer, parte 1

O que me tira do prumo é o tempo que não para de correr. Isso está me deixando irritada.  É tudo tão cruel e inevitável que resolvi postar mais sobre esse assunto.

Primeiro vem os cabelos brancos que temos de pintar duas vezes por mês. Por isso os salões de beleza estão faturando como nunca, mesmo assim, agradeço todas as noites, pois sem salão, não estaríamos tão maravilhosas, não é mesmo?

E como se já não bastasse, há um certo tempo, vinha estranhando que minhas sobrancelhas estavam ficando ralinhas. E  resolvi comentar com minha cabeleireira sobre elas. Pra meu espanto, ela me disse que os fios estavam loirinhos (branquinhos pra falar bem a verdade. rs) e que deveria pinta´los.  E assim o fiz… Pra meu espanto, não é que os fiozinhos voltaram todos. Ameii!!!

Como não notei isso antes? Bom, os olhos também estão cansados, e pra conseguir notar todos esses detalhes que acontecem com nosso corpo à medida que envelhecemos, preciso urgente uma lupa. Uma daquelas de cabeça, superpotente, com dois leds, e que vem com quatro modelos de lentes reguláveis. He He..

Fica aí a dica, quando você pintar os cabelos pinte também as sobrancelhas.

Madame Bê

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 05/12/2012 em mulher

 

Envelhecer

Sempre amei ser mulher, e amo ainda hoje, mesmo indignada por saber que ao longo dos séculos a mulher sempre caminhou atrás dos homens e não ao lado como deveria ser. Mas a questão aqui não é essa, e sim sobre como complica a medida que a idade vai chegando.

Já não era fácil sangrar todos os meses, e agora essa coisa chamada menopausa.  Acho que nós, mulheres, jogamos pedra na cruz.

Tudo bem, temos que aceitar, a vida é assim. Vamos então se concentrar no que é bom nessa nova fase. Sempre ouvi dizer: “Rir é o melhor remédio.” Encarar a vida de bom humor, faz com que acreditemos mais em nós mesmas.  Então vamos rir, não é mesmo?

 

Classificados

Velhinho Sensual – Oferece-se

Como tenho algumas horas livres, com insônia, e precisando ganhar uns extras,

resolvi ser também, um “velhinho de programa”.

– Idoso charmoso,

Com lindos olhos meio verdes (coberto com cataratas).

Loiro (só dos lados)

Atlético (sou torcedor)

Sarado (das doenças que já tive),

Um metro e noventa (sendo que mais ou menos um de altura e noventa de largura).

Atendo em motéis, residências, elevadores panorâmicos, etc.

Só não atendo em “drive-in”, por causa das dores na coluna.

Alegro festas de bodas de ouro, convenções e excursões da terceira idade.

Aplico injeções e troco fraldas geriátricas, tudo com maior charme.

Atendo no atacado e varejo. Traga suas amigas!

Maiores de sessenta e cinco por força de lei, não pagam.

Mas só terão direito à horário recomendável para saúde.

Serão concedidos descontos para grupos: quanto mais nova, maior o desconto.

Por questões de vaidade não serão permitidas filmagens, pois no momento, estou precisando operar uma hérnia inguinal, meio antiestética.

Na cama, dou sempre 03…

03 opções sexuais para a parceira: mole, dobrado ou enroladinho….

Como fetiche, posso usar touca de lã, pantufas e cachecóis coloridos.

Outra enorme vantagem:

Já tenho “Parkinson” o que ajuda muito nas preliminares…

TOTAL DISCRIÇÃO, pois “Alzheimer” me faz esquecer tudo que fiz na noite anterior.

Contatar Eunápio, telefone… putz sabe que esqueci… e agora, pô o que tava fazendo mesmo…

Madame Bê

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 05/10/2012 em mulher

 
 
%d bloggers like this: