RSS

Arquivo de etiquetas: comunismo

A utopia de Karl Marx

Comunismo-Marx

A precisão e a forma sucinta como o manifesto comunista foi escrito, pode seduzir e muito todo aquele trabalhador que passa seus dias no chão de uma fábrica. Descreve a luta de classes e como o proletariado é esmagado pelo capitalismo. Marx cita as falhas do sistema sócio-político do passado, desde o Egito passando pelos romanos até chegar ao seu tempo.

Os operários segundo ele, são os verdadeiros revolucionários. E para trazer o mundo para o comunismo, os comunistas devem tomar o poder, acabar com a burguesia, extinguir a família, acabar com a religião, e deixar que o Estado eduque as crianças para que todos passem a pensar e agir da mesma maneira.

Lemos então as medidas a serem tomadas, segundo Marx.

1- Expropriação da propriedade latifundiária e emprego da renda da terra em proveito do Estado.
2- Imposto fortemente progressivo.
3- Abolição do direito de herança.
4- Confiscação da propriedade de todos os emigrados e sediciosos.
5- Centralização do crédito nas mãos do Estado por meio de um banco nacional com capital do Estado e com monopólio exclusivo.
6- Centralização, nas mãos do Estado, de todos os meios de transporte.
7- Multiplicação das fábricas e dos instrumentos de produção pertencentes ao Estado, arroteamento das terras incultas e melhoramento das terras cultivadas, segundo um plano geral.
8- Trabalho obrigatório para todos, organização de exércitos industriais, particularmente para agricultura.
9- Combinação do trabalho agrícola e industrial, medidas tendentes a fazer desaparecer gradualmente a distinção entre a cidade e o campo.
10- Educação pública e gratuita de todas as crianças, abolição do trabalho das crianças nas fábricas, tal como é hoje. Combinação da educação com a produção material, etc.

“Uma vez tudo isso concentrado nas mãos dos associados, o poder político o poder público perde seu caráter político”. Aqui é que mora todo o perigo. Uma vez que o poder está concentrado em um pequeno grupo você acredita que largariam o osso?

O manifesto comunista é tão utópico, que patrões e sindicatos sentam na mesma mesa pra discutir quanto o sindicato vai levar na hora de fechar o dissídio.

Aqueles que não compreendem a História estão condenados a repeti-la. Lembrem-se o manifesto comunista foi escrito cerca de 100 anos antes de Stalin chegar ao poder.

Cito aí a situação de Cuba onde a revolução iria abraçar a ideologia marxista e vejam, os trabalhadores foram convidados a permanecer trabalhando 10 horas ou mais por dia e sem pagamento de horas extras. Os bens de consumo sumiram das prateleiras e começou o racionamento de comida. Isso ninguém ouve da boca dos comunistas e não lê nos panfletos deles.

Acredito que o comunismo de Marx ainda é defendido por alguns, porque temos falhas no sistema capitalista. Mas isso não significa que o capitalismo seja um lixo, como ele descreve, ele apenas precisa de pessoas que ajam com ética, para que todos possam prosperar. O que precisa acabar é a ganancia e o abuso de poder.

Então, você que nasceu “escravo” do capitalismo, e hoje luta pela revolução comunista, vai encontrar nela um punho de ferro, uma foice um martelo e a traição de quem chegou no poder. Lembre-se disso!

Madame Bê

 
 

Etiquetas:

O mundo gira e faz a roda andar

untitled (3)
Engana-se aquele que acha que uma economia, mesmo comunista, funciona sem o dinheiro do capitalismo. O comunismo, de certa forma, é útil para o sistema capitalista. Formar um bloco comunista na América Latina, só iria fazer com que Países capitalistas tivessem produtos mais baratos em suas prateleiras.

Isso não faria de nós uma potencia, muito pelo contrário. Comunismo é sinônimo de a mão de obra barata. Quem fica com os lucros e dividendos, são os que estão no poder.

Se tiver apenas uma padaria em sua cidade, mais caro e ruim vai ser o pão. Se tiver vinte padarias, elas vão competir entre si, e gerar mais empregos, e o pão vai se tornar cada vez mais saboroso e mais barato. Onde o comunismo se instala, não há competição e o desinteresse em produzi-lo cresce.

Acreditar que uma sociedade igualitária, traria benefícios pra população é muita burrice. Um povo escravo, não trabalha sem chicotadas.

Nós estamos sendo protagonistas, do nosso próprio destino. Levantar bandeiras não faz um povo crescer. O que faz um povo crescer é a educação, é a competição, é o respeito. Grupos como parada gay, luta de negros, religiosas, feministas, e o escambau, só traz retrocesso para um País. São lutas, sem pé nem cabeça, elas não acrescentam nada. Somos e devemos ser tratados como iguais.

Quais são os direitos que irão conquistar, que já não existem na constituição? Somos seres humanos, mas estamos nos comportando como espécies distintas. Isso é ridículo. A quem interessa essa desunião? A quem interessa sermos ridicularizados? A quem interessa a discórdia? A quem interessa o caos?

Existem leis e direitos que devem ser cumpridas. Essas leis não deveriam beneficiar um grupo, mas servir o bem comum. Ultimamente no Brasil, estamos classificando a nós mesmos, pela cor, religião, sexo, etc.

O que falta pra Nação brasileira é estudo, informação. Um povo sem estudo é o melhor ninho pra político corrupto, e ditador. Por tudo isso, nosso País hoje, está em pleno retrocesso. Uma pena, uma pena, uma pena…

Madame Bê

 
 

Etiquetas: ,

Golpe de 1964


Pra quem conhece política, sabe a diferença entre comunismo e democracia.

Antes de 1964, o País vivia o caos. Havia uma crise política e econômica entre a esquerda e a direita. Greves, agitação no campo, guerrilhas, atentados, eram parte do cotidiano do povo Brasileiro. Tudo chefiado pelos comunas, e com a benção do então Presidente da Republica o Sr. João Belchior Marques Goulart, conhecido como Jango, que provavelmente queria sentar no poder e só sair de lá em um caixão dourado.

Isso tudo acontecia, em meio a Guerra Fria entre os USA e Russia. Era Democracia ou Comunismo.

Então, aconteceu o esperado, houve o golpe militar para impedir que a ditadura comunista se instaurasse. O golpe foi ruim? A mídia diz que sim… Já eu penso que foi necessário.

ARENA e PMDB passaram a ser os partidos desde então. Engraçado ARENA sempre ganhava. Lembram disso? Talvez o povo temia o comunismo.

Passados os anos, e através de Sindicatos, MST, CUT; o PT ganhou força, pousou de herói, salvador da Pátria e defensor dos “pobres”.

Não sei por que, mas penso que tem mais gente querendo sentar em um trono vitalício. Esses encontros com Países comunistas, não sei não, heim.

Obama fica de olho. Please! Porque nosso exército está falido, e não pode nos ajudar.

Eu não aceito viver num País comunista. E você?

Madame Bê

 
1 Comentário

Publicado por em 08/23/2014 em política

 

Etiquetas:

 
%d bloggers like this: